terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O reino de Deus não é competição

De quatro em quatro anos, a copa do mundo acontece! Todos nós (quem torce pelo Brasil) nos unimos para assistir ao jogo. Vibramos com cada gol da nossa seleção. É assim com todo o mundo. Todos os povos se unem e torcem para o seu país ganhar o "torneio". É natural que isso aconteça, mas não podemos nos espelhar na copa do mundo para agirmos no reino de Deus. 


Em qualquer jogo, no qual há uma competição, só um vence. Na última copa, quem ganhou a taça foi a Espanha. Não importa o segundo lugar, o terceiro... O que importou naquela época foi que a Espanha foi a melhor do mundo na copa de 2010. Porém, quando falamos à respeito das coisas do Senhor, tudo muda, inclusive essa atitude de competição, que não deve, em hipótese alguma, existir!

Todos nós constituímos o corpo de Cristo. Para mantermos esse corpo em ordem e funcionando bem, cada um precisa fazer o que lhe cabe a fazer, o que não deve ser motivo de não ajudarmos uns aos outros simplesmente porque queremos que o nosso trabalho saia melhor do que o nosso irmão e a partir disso sermos mais reconhecidos.

Essa é uma situação que é comum acontecer nas igrejas por aí. Pessoas fazendo de tudo para serem reconhecidas, enquanto que em 1Coríntios 10: 31 nos ensina que tudo o que venhamos a fazer seja para a glória do Senhor e não com a finalidade de sermos reconhecidos por homens. 

Você sabia que todo reconhecimento de homens que você tiver vai ficar aqui na terra mesmo? Todos os elogios vão deixar de existir um dia. Mas o que reconhecimento do Senhor é eterno. E que você não faça a vontade de Deus com o fim de ser reconhecido por ele. O reconhecimento é apenas uma consequência. O que vale mesmo é a atitude do seu coração de agradar ao Senhor.

Então, que não venhamos ter esse espírito de competição em nosso meio. Pelo contrário! Nossas atitudes devem estar cheias do amor de Deus, aquele que não é egoísta, não se ensoberbece, não suspeita mal, não se alegra com a desgraça das pessoas e nunca busca seus próprios interesses. O amor de Deus é aquele que cobre todos os pecados, como está escrito em Provérbios 10: 12

A melhor atitude que alguém pode ter com os irmãos é servir de suporte para que eles cresçam e avancem! Isso é amor! Só assim, a mentalidade de competir sairá de nós, pois no final é como se todos chegassem a linha de chegada ao mesmo tempo e não existisse critério de desempate.

Um comentário:

  1. Gostei, esta é a mais pura realidade, infelizmente.Tem menbros,dicipuladores, lideres de igreja, que estão passando por cima de tudo, como trator, só para aparecer, mostrar que tem força ou coisa assim, esquecendo do principal objetivo "DEUS".

    ResponderExcluir