quinta-feira, 24 de março de 2011

A plenitude de Deus? Eu também quero!

- Por que a vida do meu "irmão aqui do lado" parece bem melhor do que a minha, Deus? Se eu não te conhecesse diria que ele é mais amado pelo Senhor do que eu!

Eu não sei se você já pensou assim, mas eu, com certeza, já ocupei muito minha cabeça prestando atenção nessas coisas. Eu virava pra ver meu "irmão em Cristo", e meu Jesus, tudo, desde o relacionamento dele com Deus até coisas bem pequenas da vida pareciam mais "prósperas" ou, indo bem fundo, mais abençoadas por Deus do que as minhas. Ele parecia ter nascido virado para estrela, como diz o ditado popular. Mas, calma aí, eu não estou falando de inveja. Eu não tinha inveja quando esses pensamentos vinham. Eu só queria saber o que elas faziam pra "atrair a atenção de Deus" desse jeito, porque eu queria ter também. Seria injusto eu não ter.

" Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação." (Tiago 1:17) A primeira coisa que Deus quer que a gente pense quando esse pensamento chegar é que ele não muda. Ele não pode ser mais "bonzinho" com um do que comigo, ou com você. Ele é bom com todos, e da mesma forma. Ele não é melhor quando você acerta mais, ou é menos quando você erra, ou não faz nada. Ele é o mesmo, TORCENDO e ACREDITANTO em você independente de. Ele é assim, e não vai dar pra mudar. Então, primeira coisa, Ele não muda. Não escolhe pessoas. Ele é tudo, em todos.

" Por que, em Cristo, habita corporalmente toda a plenitude da divindade, e, por estarem nEle, que é o Cabeça de todo poder e autoridade, vocês receberam a plenitude." (Colossenses 2:09-10) Por sermos filhos e filhas de Deus, recebemos a plenitude. Imagine comigo; pra você, o que é a plenitude de Deus? Agora, imagine essa plenitude toda, corporalmente, em um homem. Como ele falaria, se sentiria, oraria ou faria as coisas? Bem, imagine agora esse homem sendo você. Isso, esse homem é você, porque Jesus quis dar essa plenitude pra nós quando veio morar dentro de nós! Ela já é nossa! É de você e de mim que esse versículo está falando. Nós já recebemos a plenitude em tudo. É só viver.

" Se vocês estiverem dispostos, e me obedecerem, comerão os melhores frutos dessa terra" (Isaías 01:19). Outra coisa importante de se reconhecer é que a sua obediência mantêm a porta dessa plenitude aberta. Quando você obedece age de acordo com Deus, está reconhecendo e dependendo dEle, agindo à altura da plenitude que você tem por dentro e do lado de fora também. Ser pleno é algo maravilhoso, é bom e vem de Deus, então suas ações precisam andar concordando com essas coisas muito boas e com Deus, que é bom. Deseje, e obedeça. Deus vai cumprir a "parte b" do versículo: te dar o melhor da terra!

E agora, o que você pensa a respeito de você? O seu vizinho é mais precioso ou abençoado por Deus? Não! O que pode ter acontecido é que ele já conhecesse essas verdades antes de você. O melhor também é você, o cheio de alegria também é você. Você só não sabia, mas é você e agora você sabe. Só resta querer, obedecer, e, acima de tudo, viver a plenitude de Deus!

Um comentário:

  1. Ficou ótimo o texto. Lindo mesmo...
    Mas tem muitos erros de gramática.
    :*

    ResponderExcluir